PORQUE SE MANTER EM EMPREGOS RUINS

Um dia me disseram que estávamos vivendo em um paraíso, outro dia me disseram que estávamos vivendo em um inferno e outro dia ainda me disseram que precisávamos entender as pessoas, não muito distante ouvi dizer que para entender os outros é preciso entender-se primeiro…

imagem3site

Busco até os dias de hoje esse entendimento e a cada descoberta entendo que não me conheço ou melhor dizendo que me conheço pouco. e porque digo isso?

Simples explicar, porém difícil de entender, mas vou tentar explicar:

Quando tentamos nos conhecer nos deparamos com muitas contradições e não aceitamos essas contradições, posso citar aqui algumas: estar em local onde não se quer estar, estar com pessoas que não se quer estar, mas nada é tão degradante do que estar em um emprego que não te faz bem, porque você passa no mínimo 8 horas nesse local e as vezes, ou na maioria delas, ainda leva o trabalho pra casa.

pexels-photo-577585

Assim  se consideramos que 8 horas são um terço do dia, podemos concluir que passamos a maior parte de nossas vidas com pessoas que talvez não queremos. E como explicar isso?
Posso afirmar com toda a certeza e o conhecimento que tenho através dos atendimentos de COACH que faço, que isso esta ligado a um índice que todos temos, em maior ou menor grau, mas todos temos, esse índice chama-se, índice de medo o qual existe um vídeo aqui no meu site e também no Youtub.

 

olhomedo

 Sugiro fortemente que assista ao vídeo, mas de forma geral esse índice vai lhe mostrar de forma muito simples o quanto você é dominado por seus medos e o quanto isso esta impactando em sua vida.
Muitos de nossos medos estão ligados a traumas de infância ou ainda a comportamentos que estão sendo repetidos dentro da família.
Mas acredite e se fizer sentido pra você, posso lhe dizer aqui que não esta desamparado, eu sou formado em Coach e tenho especialização em Inteligência Emocional, atuo ajudando pessoas a desenvolver seus potenciais através do Coach, posso lhe ajudar, caso você permita.
Se fizer sentido pra você, atendo via Skype,  basta me contactar nos meios indicados abaixo e marcaremos uma hora, há ia me esquecendo, a primeira sessão é sem custos.
entre em contato:

Skype: airton@educarpv.com
Instagram: airtonespecialista
Facebook: airtoncoach

Ou preencha o formulário abaixo:

 

CINCO PONTOS QUE DEVEM SER LEVADOS EM CONTA EM UMA ENTREVISTA DE TRABALHO.

Contratar a pessoa certa para o cargo certo vem se tornando ultimamente o “calcanhar de Aquiles” das empresas, estão sendo investidos cada vez mais esforços materiais e financeiros no sentido de não se errar em uma contratação. Nesse sentido o setor de “Gestão de Pessoas” tem ganhado importância sem limites dentro de uma organização. Os processos de contratação estão cada vez mais longos e rigorosos, tudo com o objetivo de conhecer melhor o candidato.

Assim os recrutadores sabem exatamente quem estão procurando e o processo fica aberto até que se ache a pessoas correta para a vaga correta. Nesse sentido algumas características básicas precisam fazer parte do repertório de todo candidato:

1 – Saber elaborar um bom currículo – o currículo abrirá a porta para a entrevista.

2 – Ter autoconfiança

3 – Saber trabalhar em equipe.

4 – Seu comportamento em uma entrevista é a chave que vai abrir a porta do emprego e é aqui que concentraremos o texto a partir daqui:

Partindo do princípio de que o candidato já tem noção dos pontos citados acima, vamos dar algumas dicas de como se sair bem em uma entrevista de emprego:

Muitas empresas têm se utilizado das redes sociais para garimpar possíveis colaboradores, mas a entrevista ainda se faz necessário para se ter certeza de que se está contratando a pessoa certa.

Temos então dois tipos de entrevista, a individual e em grupo, mas vamos nos ater na individual.

Ponto um: Busque informações da empresa – aqui quero dizer que essas informações podem ser das mais variadas, por exemplo; informações financeiras, informações sobre seu criador, informações sobre a cultura interna da empresa, como o mercado vê a empresa, enfim, busque o máximo de informações que puder sobre a empresa.

Ponto dois: Com as informações acima em mãos, separe as que mais se relacionam com a vaga que você busca e alie essas informações com os seus pontos fortes, o intuito aqui é que se tenha uma resposta mais objetiva quando lhe for perguntado por exemplo: “Por que a empresa deveria te contratar? ”

Ponto três: Seja você mesmo – é muito comum em entrevistas de emprego querer demonstrar ser a pessoa certa para o cargo, porém as vezes o seu perfil não é para aquela vaga, ao menor sinal de que você está tentando parecer alguém ou algo, o recrutador já te descartou, então seja você mesmo, não se preocupe com o recrutador porque você está preparado lembra, estou sobre a empresa, sobre a vaga, está com foco nos seus pontos fortes, mas aqui vale uma dica muito importante, saiba exatamente quais são os seus pontos fracos e busque não levar o recrutador para esse lado.

Assim esteja preparada para perguntas do tipo: “Quais são seus pontos fracos” não existe resposta correta em uma entrevista de emprego, só existe aquilo que o recrutador quer ouvir e perceber de você, então não tente disfarçar, lembre-se apenas de focar a reposta no positivo, ou seja, mesmo que seja um ponto fraco você utiliza-o a seu favor, exemplo: “tenho como ponto fraco…. (diga o que é), mas eu utilizo esse ponto fraco para me encorajar a fazer …isso …isso… e isso. Simples assim, não tente se explicar ou minimizar, apenas assuma e complemente explicando como você utiliza esse ponto fraco a seu favor. Assim se passa confiança e autoconhecimento.

Ponto quatro: Seu currículo – mentir no currículo sobre suas qualidades pode fazer com que você seja chamado para a entrevista, porém o recrutador vai perceber que você mentiu logo nas primeiras perguntas, pois ele te chamou para a entrevista porque algo lhe chamou a atenção e ela vai destrinchar tudo sobre o que lhe chamou a atenção até que não reste mais dúvida, tenha certeza disto, então não minta, os recrutadores agradecem e as empresas também, sem falar do seu tempo perdido também.

Ponto cinco: Atire no que viu não no que não viu – quero dizer aqui que você só deve enviar o seu currículo para a empresa caso a vaga esteja no mesmo nível de suas qualidades, por isso é importante obter as informações citadas no ponto um, assim caso não se enquadre, se estará evitando grandes desperdícios.

Assim, fica aqui algumas dicas para que você se saia bem em uma entrevista de emprego de uma vez por todas.      

Sobre o Autor: Airton Tomaz Pereira é Administrador de empresas, Coach de Inteligência emocional, Analista Comportamental, Escritor, palestrante e professor, atua no ramo da educação já há 16 anos.

Para entrar em contato com o autor: airton@educarpv.com ou tomazconsultor@gmail.com